MATUTES-MRancho Terra Esperança é uma área cum mai de 120 ectare de terra e destina a presevação ambientá e culturá na região. Fica bem pertim, no municipu de Serra de São Bento e tá na frontera entre o Rio Grande do Norte e Paraíba só uma hora e meia de Natá e pra Jão Pessoa é mai de duas zóra. Passa e Fica é a cidadezinha mai perto, mas nós é município de Serra de São Bento. 
Pra chegar onde nói tamo é só arcansar o parque Peda da Boca, qui por si é uma reseva naturá. Tem péda cum mai de 300 metro de artura qui dá pru caba se candiar cuando oia pra riba. Num é mangano não, viu? mai a vista mai mió ainda é a nossa. Lá da peda do Lagarto ocê deita o oiá por riba de toda beleza naturá que nossa mãe natureza nos presentiô. 
A natureza é amiga e temo que cuidar de tudo bem direitim é assim a mió forma de agradecer o muito que nói temo dela.passaro
Na nossa área as ispéci cada dia fica mai maior. Os bicho são os mai divérsu e tá sempre omentando porque noi proteje os bichim. Se ocê tivé os zói atento num é difici vê preiá, ponaré, rolinha, roxinó, bentivi, lavadeira, beja frô, urubu é logo dois tipo: o de cabeça vermeia e o preto. Caicará, gavião, anum preto, cancancão, gaxinim, gato maracajá, camalião, cobra verde, de cipó, corá e correcampo. São cobra sem ódio, sem veneno, sem mardade e sem inveja. Ocê vai vê.
As pranta nativa é outra coisa que o caba vira os zói de tanta alegria. Mameleiro, imburana, pau dáico, angico, máiva, vé de noiva, cabeça de véi, fato de piaba, carrapixo, urtiga, mandacaru, xique-xique, gravatá gigante e a danada da amorasa que so tem ispinho, mai as abeinhas ama de morrer por causa da frô pra fazer mé. E tem muito maí, ói.


A inteção de nóis é viver simplis e convidar ocê pra simpricidade tombém. Aqui é arejado e tem muita natureza bunita im vorta. No campo ocê incontra a forma mais bunita de matutar com acê mermo. Ta cuns amigo, mangar dos toros, contar istoria e fazer istoria tombém, craro. 
Ocê vai ficar numa pousadinha sem luxu, mai muito mimosa. Nói renovamo cum muito cuidado e carinho. Tudo é muito simplis mai bem cuidado. Os move são rusticu e a cuzinha ta compreta: panela, caçarola, cuié, gaifo e faca, geladeira, fugão á gái e do lado de fora tem panela de barro, concha de côco, lenha e um fugão doidim pra sê acendido. 
A noitinha ocê pode tear fogo na fuguera e sirrí pras istrelas oiando pra lua, mai só se tive lua, num vá pensando qui lua cheia tem todo dia, purquê num tem não.
Temo dois cuarto dentro e um fora. Esse de fora fica fora e é de casá com uma caminha de sorteiro, banheirim e chuveiro quente pra evitar qui ocê fique com pele de galinha por causo du frio. Todo decoradim o bichinho. Tem duas janelinha que se abre pra fora. Já os de dento tão dento cada um cum duas cama e banho particular. Armarim pra ropa e lúi de leitura pras pessoa que saber lê. 
Sofá, rede e aipende pro cê se balançar botar as mão atrai da cabeça e dexá o vento refrescar os cabelo du suvaco. 
As atividades são as mai diversas: pros mai sem juízo temo rapé, curso básico de escalada ô seja: subir e desce peda qui nem calango.
Nossos camim, que os visitante chama de trilha são bem ampras nelas ocê pode não só caminhar, mai pedalar, correr e fazer caminhadas comtemprativas e um tá de treking que é mai radicá.
No inverno as água cai água torando e as cachueiras sacorda pra alegrar os rios e riachos. Tudo fica verdim. As peda cuaze todas pode sê subida. O mai importante é está perto de quem ocê mai gosta e namorar a natureza in vorta. 
Temo cavalo Manga-Laiga-Machador. Esse pranteo ainda está sendo formado mas há sempre cavalos disponive pra ocê aprender a entender e amar esse animá tão senssive e especiá que é o cavalo, animá sabido, pôi num são borro não, visse. 
Também nói fala língua, que vê? lingua. Oi aí tá vendo.
Tamo brincado. Mai o matutês que é essa língua que ocê ta lendo arriba é ampramente falada aqui entre nói, português ainda é compricada puraqui, mai as vêzi acha gente quem fala e iscreve.
O ingrêis e o ispanhó, pode vim torando que nói incoivara cum fôça. Num há probrema, nói fala mermo. 
Se ocê gosta do silenço do campo e da paz que a natureza oferece, então noi tamo pronto pra receber ocê, seus amigo e sua famia de todo coração. Se acordar cedo e sentir o vento soprando as manhã, o canto do passarin alegrando nosso zuvido e o balançar das fôias que mai parece uma poesia querendo namorar a vida. Intão, venha namorar a vida ocê também, ora!

Reservação cum Annica  84- 98804 0267 / 99932 0267
Gil 84 – 98875 1279
ô biête atomático: contato@pedradaboca.com.br

        bandeira01         bandeira02         matutes